26 de abril de 2008

Um tanto mais feliz


Ela o ama tanto
E se deixa sempre levar por suas desculpas
Passa a noite sozinha o esperando
Enquanto ele, sai a vagabundear pelas ruas.

Experimentando o cheiro e o frio de cada canto
Chega em casa fétido, bêbado
Um farrapo humano
Vomitando cada mentira, cada segredo.

Ela chora em casa sozinha
Espera o marido espiando pela janela
Mexe-se: vai da sala até a cozinha
E o silêncio só faz doer ainda mais a sua espera.

Ela jura que desta vez já chega
Não será mais tão compassiva e paciente
Mas quando ela o vê desfalecendo sobre a mesa
O socorre amorosa e diligente.

Se ele soubesse que ela tanto o ama
E lhe desse um pouco mais de valor
Não perderia noites em outras camas
Onde afoga a solidão e ascende o seu calor.

Se eles soubessem um do outro
O que ambos não falam para si
Talvez esse sentimento frágil, mas não pouco
Fizesse-os um tanto mais feliz.

4 comentários:

Me disse...

Problemas de falta de comunicação, é um grave problema entre casais. Ou, até mesmo, de não casais.
Porque sofrer quando se ama?? Nunca entendi muito bem isso...
Enfim, o que uma pessoa aguentar por amar alguém. É triste :(

bjs* (Adorei esta poesia :P )

Pripa Pontes disse...

Hoje é o que mais ocorre: o sentir-se só estando acompanhado. Simplesmente pelo medo de falar de seus sentimentos, ou por achar que o outro deve sempre saber como estamos nos sentido,mesmo que não se converse a dois. E o que podia ser algo marihoso, transforma-se em mais uma desilusão.


ótimos versos!

Bjos.

marise rita disse...

Cmo sempre seu texto me emociona todas as vezes que leio. É fantástico! ah... está devendo uma visita no meu hein?
abraço.

Claudya disse...

Toda vez que venho aqui no seu espaço, me surpreendo com tanta inspiração. Suas poesias são pura emoção! Vc. vai fazer algo pro Dia das Mães? Bjs.