13 de janeiro de 2008

Seis de Agosto

Hoje faz anos
Anos que as bombas (nuclear-estúpidas)
Caíram sobre casas e corpos
Crianças, mulheres, idosos

Hoje faz anos
Que o mundo calou-se
O progresso fez e faz isso:
Em segundos: flores, homens... Acabou-se!

Hoje faz anos
Que aviões sobrevoaram as cidades
Anos que da mais pura maldade
A humanidade chorou, desesperou; quase parou e desistiu

Hoje faz anos.
Que meninas viraram pó
Que soldados festejaram sem dó
A vitória de seu império – um genocídio sem nenhum nexo

Hoje, ainda em guerras
Famílias são alvos de mísseis
De exércitos que, na certa
Se acham invencíveis

Hoje o mundo se ignora
Atentados a todos os lados
Comércio de armas e drogas
O que mudou?

Hoje, choramos calados
Pois o medo do Outro é generalizado
-“eu não sei quem é você, então te odeio
Você não me xingou, mas eu te bato primeiro”: prevenção

Hoje, existem guerras preventivas
Guerras para evitarem outras guerras
Numa luta sem perspectivas
É um novo século: a mesma dor e as velhas mentiras

Hoje, o mundo parece não sorrir
As pessoas parecem não se importar
Correm para ser felizes e nem notam
Que esta felicidade é de mentira
Como as razões daquela Guerra
Como os heróis de nossos dias
Como tudo o que engolimos
Apenas por engolir: sem gostar
E mesmo assim, sem cuspir

Hoje, não há festa.
Não há balões, bombas ou brigadeiros.
Hoje, talvez ainda dê tempo de salvar
O que restou de nós mesmos.

15 comentários:

Pripa Pontes disse...

Nossa gostei muito dos seus versos experimentados.
Realmente é triste ver como as guerras passaram a ser algo natural, no sécxulo XX, onde o desenvolvimento tecnológico-científico humano alcançou um nível nunca antes imagino, foi justamente o período em que o homem passou mais tem em guerras! nem na Idade Média, considerada por muitos como a Idade das Trevas, se matou tanto...

Se permite vou linká-lo ao meu blog, para visitálo mais vezes. E obrigado pelo comentário lá no Blog Amador, realmente a luz só´é percebida na escuridão, são nossas faces tristes e deprimidas que nos mostram o realce de nossas faces alegres e cheias de esperança.
Somos um jogo de contrastes.



Bjos.

José Rodrigues (JR.) disse...

As guerras nunca foram tão sangrentas como no século XX, mas tão trágico quanto as mortes é, também, a nossa aceitação/resignação a estas catastrofes. O Historiador Eric Hobsbawn escreveu muito bem:

“(...) a catástrofe humana desencadeada pela Segunda Guerra Mundial é quase certamente a maior na história humana. O aspecto não menos importante dessa catástrofe é que a humanidade aprendeu a viver num mundo em que a matança, a tortura e o exílio em massa se tornaram experiências do dia a dia que não mais notamos.”

Maria Regina disse...

Sua poesia me fez lembrar a linda música Rosa de Hiroshima:" Pensem nas mulheres, rotas alteradas... Mas não se esqueçam da rosa da rosa, da Rosa de Hiroshima, da rosa hereditária... Da rosa com cirrose, da anti-rosa atômica"...
Gostei muito dos seus versos. Obrigada pela visita e pelo carinho.
Um abraço

Me disse...

é eu quando me ponho a escrever nunca sei quando parar :P
é verdade, as minhas duvidas começam a diminuir á medida que o tempo passa, mas continuo sem saber para onde estou a caminhar. existem pessoas que se questionam sobre o que querem na vida e o que fazer dela, mas tu com esse pedaçinho da musica disseste tudo. e acho que vou começar a viver mais o presente, esquecer o passado e o futuro...enfim...o futuro vai-se construindo.
gosto muito de falar contigo, parece que as minhas duvidas e incertezas se tornam mais pequenas :D

bjs!!

Camila disse...

Passando com algum atraso para retribuir sua visita. Na verdade já passei antes, mas não deixei recado. Ou deixei? Acho que não. De qq forma, fica meu abraço. Gostei muito do que escreves e pretendo voltar.

:)

mazinha disse...

Oieee jose bom dia ...
ahh entao topo sim a parceria ... coloco seu link no meu blog sim ... com certeza ... mais irei colocar o endreço nos links ... vc tem banner?? eu to sem banner .... =/ se puder colocar o enedreço só .... agradeço ... ahh valeu pela dica do template .... entao adorei esse poema muito legal .... hj mesmo seu link estara no meu blog ... oks?
beijoss e um otimo dia!

Pripa Pontes disse...

A Era dos Extremos de Eric Hobsbawn realmente mostra a dura realidade que passa a ser aceitada por nós como algo normal. E é verdade noticiários sangrentos não chocam mais como antes, guerras são coisas ostumeiras, e uma extensão da política internacional.

Obrigado por haver me linkado, e com certeza mais vezes virei aqui experimentar seus versos.
E vc também será sempre bem vindo no Um blog amador.

Bjos.

Links & Sites - Seleção dos Melhores Sites do Brasil! - disse...

L i n k s & S i t e s
Seleção dos melhores Sites do Brasil!
http://www.lksites.com

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Sites do País!!! - Só Sites Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item:
" CANAL 3 " => Blog = Letra E

http://www.lksites.com/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.lksites.com/selo

* Aproveite e insira também nossa "Janelinha" no seu Site.
Veja como => http://www.lksites.com/janelinha/janelinha.shtml

Seus visitantes irão adorar!!!

Um abraço,
Dário Dutra
- Webmaster -

http://www.lksites.com/
....................................................................

Patrícia H. disse...

Você convidou, e eu vim.

Parabéns pelo blog. Tem coisa muito boa escrita por aqui. Quero ler mais e tudo, por isso vou colocar nos favoritos pra voltar sempre.

Um grande abraço!

Ah, e volte sempre por lá, viu?

Daiana Beatriz disse...

Olá
Guerras .....
Bom, eu tenho determinada linha de pensamento sobre isso tudo : Sangue, corpos jogados pelo chão, crianças chorando por te perdido o pai, crianças até mortas, mães que perdem seus filhos, pais ou melhor homens que lutam pela "Patria" o que por tras disto tudo é só um mero vinculo com a ganacia, vicio, a vontade ou desejo de se vingar, o bendito querer sob as terras,... enfim, vemos homens lutando com toda dignidade dizendo : luto pela minha patria, com muito orgulho,......... Sendo que estes homens morrem pelo simples engano, pela mentira, pela hipocresia, pela falta de Ética do próprio SER HUMANO.
Como diz Renato Russo: [...] a grande falta de ética ........
enfim, que mundo é este? Onde vemos pessoas que acha que felicidade está apenas no dinheiro, ou no fim da guerra onde muitos morrem e que um ganha terra ou sei lá mais o que , que mundo é este? Onde temos seres humanos se auto destroindo.
Que mundo é este ?
Daiana Beatriz.

ps: obrigada pelo comentário, volte sempre tanto no blog > cidade de um anjo, como no > Mundo fora do palco. pois esse esta com poucas atualizaçoes, mais vou tentar colocar mais textos. Enfim, agradecida, e pode deixar vou continuar a ler seus textos.

Paz & Sabedoria para seu coração.
D.B.

José Rodrigues (JR.) disse...

que mundo é este? eu não sei, mas me doi pensar que somos nós que reproduzimos e legitimamos este mundo; nós que não apertamos o gatilho, mas que nos auto-intitulamos "apolíticos"; nós que preferimos a garantia do salário mensal fixo do que as aventuras de uma busca incerta, porém verdadeira; nós que parecemos encenar uma peça já vista e comentada como se não a conhecessemos...
os culpados pela guerra? ora, todos nós que não apertamos o gatilho, mas aceitamos passivamente tudo isso.
qual a saida? eu não sei. com certeza não está nas poesias ou no romantimos, mas se começassemos a pensar em construir um mundo diferente, se fossemos capazes de poder olhar para a vida e estranhar-se com as coisas mais corriqueiras, talvez, quem sabe, houvesse menos guerras, ou, pelo menos, não a aceitassemos assim tão resignadamente.

Daiana Beatriz disse...

Olá,
caro rapaz, veja bem para mim a pouco tempo a vida era uma obrigação, fazer minha missão aqui nesta terra e partir logo em seguida, enfim, José a vida é um tesouro que temos certo ? Então descobri isso, mas eu descobri sozinha sabe pq sozinha ? Pelo simples fato de eu ser, ou pelo menos me considerar Selvagem, quero dizer, acredito, tenho fé, luto e sempre lutarei com toda minha alma até os ultimos dias pelo bom , pelo justo, e estudarei para que eu possa fazer algo pelas pessoas e os animais deste mundo ou do nosso pais; eu acredito e é isso que me mantem "viva", '"e que me faz sorrir e dar brilho aos meus olhos", e não "um mero elogio" que recebo ou qualuqer outra coisa destas; mais sim por estar viva e poder fazer algo, pq vc, eu todos nós podemos mudar o mundo, só precisamos de "querer", de fé, e obvio muita garra.
Então, estudar, se arriscar, para que no final se tiver fé vai dar tudo certo onde pode haver coisas mais justas, ou até menos pessoas mortas, pq não tentar, pq não estudar mais para chegar lá com justiça e dignidade, pq não tentarmos ? A vida é uma coisa divina que temos e atravez dela que podemos e temos a chance de fazer pequenas ou grande contribuições, participações, enfim, tudo para que o mundo os paises sejam ambientes mais..., digamos, justo. Enfim, é como eu digo em um de meus textos, o segredo de tudo está dentro de nós, está ai dentro de ti, de mim de todos nós, só precisamos parar de procurar onde nunca iremos encontrar a verdadeira felicidade para um mundo melhor.
Resumo tudo isso em um simples e pequeno texto meu :
Selvagem .
corra risco, e nao tenhas medo . Lute , sangre , mas esteje em pé. Monte em um cavalo e sinta a liberdade, seja selvagem , e nao deixe ninguem te domar, assim é um selvagem, livre e busca a paz e a liberdade, e claro a justiça, defende quem passar por perto dele, nao dá sorrisos quando tem que dar apenas um olhar, e faz o seu gesto sereno. Selvagem; ser selvagem nao é ser bravo, é ser livre , é saber viver ao mundo que temos, sem medos e com coragem," é saber enfrentar uma força que todo ser humano tem e nao sabe lidar". "E muitos tem a coragem de por esta grande força para fora, os quais são os selvagem". Entao, se alguém te chamar de selvagem, nao se importe , está recebem um elogio.
"Selvagem . "

Daiana Beatriz.

Paz & Sabedoria.
Um abraço.

Daiana Beatriz disse...

Oi,
bom, referente ao que você disse, agora entendi de uma forma, digamos melhor. Deixa eu lhe perguntar uma coisa, você fez ou está cursando psicologia?
Sua frase : Força Sempre. Agradecida, : ]. Pois é uma frase que além de já te me ajudado muito, me faz lembrar deigamos astro da musica, da poesia..., enfim, Renato Russo.
Um abraço.
Paz !

Daiana Beatriz disse...

Sim, agora está entendido.
Eu também sempre escutei legião, e muitas coisas que escrevo tem influencia do renato, por exemplo quando quero escrever algo dramatico escuto clarisse, e tambem muitas vezes escuto que pais é esse, ou indios, depende. E também sempre que esvcrevo tenho que escutar música, assim é com dança, algumas leituras, ......
Referente a psicologia, lhe perguntei, pq me chama atenção esta area.
Paz!

daiana beatriz disse...

olá,
tenho sim um interesse por psicologia. Meu interesse veio, pelo ensino médio tecnico que fiz, onde eu tive psicologia, foi daí que eu comecei a pesquisar mais, a descobrir um pouquinho desta área. E agora,cursando pedagogia estou tendo psicologia, mas enfim acredito que no futuro devo estar cursando psicologia, porém quero seguir por outras areas, mais esta é umas das que me chama atenção até pelo fato de eu gostar de estudar ou pesquisar sobre o ser humano a mente ....., enfim,gosto muito de psicologia, segundo o pouco que conheço e que quero conhecer.

Um abraço.