24 de janeiro de 2009

Aos que ousaram desobedecer

Nós, como defendia Paulo Freire em sua obra, temos que lutar para não sermos apenas meros atores coadjuvantes em nossas próprias historias de vida. Em Israel, um grupo de jovens na faixa etária entre 16 e 19 anos, estudantes secundaristas, ousaram desobedecer às ordens instituídas e se rebelaram, negando-se em pegar em armas e participarem do massacre na Palestina. Tais jovens, chamados de Shministim, foram presos por não concordarem em cooperar com o atentado a humanidade patrocinado pelo governo Israelense na Faixa de Gaza. Desde o dia 18 de Dezembro, há uma campanha de envio de mensagens ao governo de Israel para mostrar a este que tais jovens não estão sozinhos e que muitos são aqueles que apoiam sua iniciativa e são absolutamente contra a limpeza étnica orquestrada por este país na Palestina. Estes jovens ousaram protagonizar o que muitos de nós esquecemos que somos capazes de produzir: um mundo diferente. Ao dizerem não a estupidez e a violência que dilaceram o povo palestino, eles mostraram que por mais que se tente minar com as utopias sinceras e os sonhos, ambos estarão sempre inscritos nas linhas de nossos horizontes. Enquanto houver quem diga não e se recuse a participar inerte destes teatros cotidianos de falsidades e imundices, a esperança brotará fértil nos caminhos do presente e, apesar das pedras e das perdas no meio do caminho, o sol brilhará dissipando as escuridões que pairam sobre estes dias tão sombrios. A estes jovens dou meu apoio e meu respeito.

Veja o Vídeo com a mensagem dos jovens Shministim no YOU TUBE:
Aqui

Entre no site da campanha e envie, também, uma mensagem de apoio:
Aqui


13 comentários:

Clarinha disse...

Puxa! Fiquei honrada com seu comentário no meu blog,depois de te "ler", mais ainda.
Como você viu, minha escrita é amadora e não se propõe literatura. Você, ao contrário, tem textos riquíssimos.
Seja bem-vindo!!!

Maria Moura disse...

Olá...
Primeiro, obrigada pela visita ao meu blog e que bom q uma pessoa com a sua intelectualidade tenha gostado do que viu por lá...
Concordo com suas opinioes a respeito da tv e a formaçao cultural da nossa gente.
Mas o problema reside basicamente ai: Não há um interesse para que essa situaçao seja modificada, não é interessante para eles que o povo saiba q está consumindo porcaria. A massa precisa ser alienada para cumprir bem o seu papel nessa encenação ridícula... Pacto do faz de conta...

Será sempre um prazer saber suas opinioes e discutir assuntos variados.

Bjo.OzZ

http://innfoca.blogspot.com/

Rayana disse...

Olá,Prazer em conhecer você e seu blog,o caos da net é realmente fantástico, quem sabe onde podemos chegar,o que podemos descobrir...Felizmente cheguei aqui!Você tem razão:"a gente ama e não precisa de justificativas", por isso continuo amando, sobretudo escrever e ler algo bom,
abraços (de uma mulher, meio menina ainda, que adora descobertas).
Rayana Costa

Dj'ay-C disse...

Acesse:
http://www.idjay-c.blogspot.com/

E descubra um pouco mais sobre as...
Mentes Perigosas!

Acompanhe!

Suellen Verçosa disse...

E só a esperança é capaz de fazer de nós mais humanos...

Há quem chame isso de "Guerra Santa"!

No meu calar...só penso que esses atentados contra a vida do próximo reflete a realidade dos sentimentos de fraternidade estampados nessa era!´

Tudo é tão descartável hoje em dia não?

Onde estão aqueles valores ensinados antigamente? O homem corrompe tudo que há até de mais puro!

E se me perguntam sobre meus medos...Sei dizer que tenho medo da humanidade!

J disse...

Gostei muito,
Compartilho.

E participo.

Obs.: Boa citação literaria.

Larissa Nazareth disse...

É motivador saber que existem pessoas que ainda lutam por seus ideais mesmo estando completamente contra a corrente, e mais motivador ainda nesse caso é ver como ainda existem pessoas sensatas no mundo! Acima de tudo corajosas.. é tao absurdo o que hoje chamamos de cotidiano que as vezes chega a bater um desanimo.. desanimo maior por saber que tem gente que simplesmente nao tá nem ai.. parece que certas pessoas vivem em uma bolha. Acho que todo mundo, é dificil ter real noção do que passa longe de nós, em uma realidade tão distinta.. Só que o que difere uma pessoa da outra é que enquanto algumas tentam sair dessa bolha outra se isolam cada vez mais, adorei seu blog! Muito legal achar alg que aparentemente tá tentando/saindo da "bolha" hahaha.. Desculpa a demora pra vir aqui, faz tempo que vc comentou no meu e eu adorei seu comentario! Ando meio desleixada com meu blog, confesso.. vou buscar atualizar mais nos proximos dias e vc é sempre bem vindo!

:)

Rúbia disse...

oi!
acho engraçado vc dizer que le as minhas postagens, e não deixa comentários...
eu tbm sou assim, te acompanho também!

uma ótima semana pra vc!
obrigada por passar por lá seja sempre bem vindo.

Lizzie disse...

Mesmo em meio aos pontos mais críticos, sempre existe alguém consciente e disposto à mudança. Se recusar a servir ao exército é, sem dúvida, uma questão de coragem e determinação.

Vou lá ver o site da campanha.

Abraços,
www.lizziepohlmann.com

Alline disse...

Cada um é dono de si: do seu corpo, dos seus pensamentos e seus ideais. Nem Estado nem governo nem sociedade podem interferir nisso. Que cada um saiba lutar por seus direitos como esses jovens.

Brigada pela visita, José (quase te chamo de Zé, olha só...). Sei que estadunidense é a forma correta, mas ainda me rebelo. Que palavra mais bizarra, sô!
Apareça sempre.
Abraços.

Viver é Bom ! ! ! disse...

Adorei seu blog.
Meu apoio e meu RESPEITO a estes jovens também... que loucura...
Parabéns pelos textos !
Quando der visite meu blog também :

Beijo !
Solange Maia

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Cris disse...

olá José,
já declarei meu apoio aos Shministim e também recebi o email confirmando.

um beijo. bela iniciativa.

Cris.

Rô Castro disse...

Esses jovens ousaram a desafiar a
ordem vigente e todos sabem o que acontece quando alguém ousa desafiar ,ou são presos o que de fato ocorreu ,ou na pior da hipótese são mortos.A atitude fez lembrar-me do joven na praça da paz celestial desafiando o tanque...Isso faz com que meu coração sensível,jamais perca esperança no ser humano que existem pessoas no mundo sim,preocupadas com o próximo .Cujo preço pago seja o cerceamento da liberdade