24 de dezembro de 2008

Ele

Como o Experimentando Versos está completando um ano de existência dia 29 de dezembro eu resolvi re-publicar algumas das primeiras poesias postadas aqui no blog. A número um se chama "Ele":

Ele acordou cedo
Depois de uma noite mal - dormida
Foi trabalhar
Levando na sacola
Uma marmita.

Ele chegou cedo
Bateu seu ponto
Colocou o material no lugar
E iniciou seu dia.

Ele trabalha rápido
Coloca os tijolos, arruma
Depois levanta outra parede
Acerta um telhado, estala uma calha.

Ele come rápido
As mãos ligeiras com o garfo
A faca corta a carne
Pega o arroz e leva a boca - não mastiga, engole.

Ele está cansado
Recolhe o material usado e guarda
Lava-se na bica
E tranca o portão da obra e vai para casa.

Ele que acordou cedo
Só vai dormir tarde
Ele que chegou primeiro
Sai por último.

Ele trabalha e come rápido
É lento para pensar em si mesmo
Ele que está cansado
Acostumou - se com tudo isso.

3 comentários:

Saramar disse...

Meus parabéns pelo aniversário.
Certamente, pela excelência e pela sensibilidade rara dos seus versos, o blog terá vida longa.

Desculpe-me pela ausência, mas ando adoentada e quase sem escrever ou visitar.

Deixo-lhe meus votos de feliz ano novo.

Neste novo ano,
artesão que somos, da vida,
vamos adornar nossas mãos
para que a construção seja um sólido ser,
feito com as flores da esperança e as águas do amor.

Neste novo ano,
vamos voar juntos em nossos sonhos
porque só o sonho dá sentido aos atos
e são capazes de nos diferenciar dos autômatos.

Neste novo ano,
que nossa boca seja apenas de sorrir
e nossa voz seja música
porque assim, começamos a construir a paz
ao nosso redor.

Neste ano,
sejamos felizes!

Feliz ano novo

Dri disse...

Um ano, nossa como passa rápido! faço votos de que continues a escrever sempre, nunca pare de mostrar suas emoções, pois se é de cor e poesia que o mundo carece. Feliz aniversário.

Anderson de Oliveira disse...

Parabéns amigo poeta!
Que seu blog exista pelo tempo que o tempo permitir... Que seja eterno, então, para seu propósito, que é, como afirma o título, "experimentar versos".

Gostei muito do review que vôcê está fazendo das suas primeiras poesias.

Grande abraço!
Feliz 2009
Anderson de Oliveira
http://diarioanderson.blogspot.com