6 de abril de 2008

Como se não houvesse o amanhã

Cada poesia que eu faço
Me faz outro, diferente
E vou seguindo os meus próprios passos
Ainda que pequenos e contingentes

É assim que eu me invento
Indeterminado, incerto, imperfeito
Um retrato inacabado, experimentado
Só dou voz aos gritos que saem de meu peito.

E vou pelas ruas cheias
Procurando a lógica dessas rimas
E vejo nas pessoas que passam
Uma dor uma alegria.

Um ar de cansaço e solidão
Que perece: a todos contamina
Vou andando apesar dos buracos e das pedras
Apesar do cansaço e das tentativas incertas.

Vou andando
Mesmo sem saber o caminho
Sem saber se estou errando
Ando sozinho, pois andando eu me encontro

Ando porque vejo a vida passar
E não quero sem ela seguir
Ando para poder continuar
A escrever, ousar, sorrir

Ando porque a vida passa, sem dúvida
Em um movimento incessante
Levando cada sentimento, cada palavra
Num breve instante.

Estou andando.

14 comentários:

Beleza de Ser disse...

Chequei aqui por acaso e me encantei com seus versos.
Adorei seus poemas.

Me disse...

É bom andar, seja acompanhado ou sozinho. Porque o tempo não pára e nós nao podemos perder um segundo que seja. O amanha pode já nao existir e se nao gozarmos o dia presente como se fosse unico ou ultimo, amanha podemos já nao existir. Ou seja, nao deixar para amanha aquilo que se pode fazer já hoje.
Mas é nestes caminhos que percorremos que vamos contruindo o nosso 'eu' e sem a nossa identidade o que seriamos nós? É bom sofrer, mas também é bom rir, arriscar, perder ... Para que sejam estas pequenas coisas que nos façam perceber que temos algum significado neste mundo. Pois é certo que haverá sempre alguem, que mesmo nao estando presente fisicamente, nos acompanha e nos dá força na hora em que queremos desistir de procurar por nós.
É triste ver que muitas pessoas desistem, mas a ler os teus versos, talvez muitas delas possam encontrar essa força que precisam para continuar a existir.

Beijos
ME

eliana disse...

Olá JR, é muito lindo o seu blog... tem muito conteúdo. Ainda não li todos os seus escritos... tem muitos... e do pouco que li eu gostei. Com mais tempo,irei escolher um poema seu para postar no meu blog, com os devidos créditos. Obrigada pelo convite para visitá-lo. Abraços.

Capitu,olhos de ressaca* disse...

Gostei muito do seu blog.
vc me permitiria pegar um poema aki,outro ali p/ postar no meu?
a idéia é trocar poesias,crônicas.
visite-me sempre.
menino de bom gosto,FLAMENGUISTA!
BEIJOS

Cah! disse...

Obrigada pela visita ao meu blog,e também pelo lindo comentário.Fico grata por sua visita e pela disposição de me criticar.^^
Gostei mto do seu blog tbm,seus textos são maravilhosos.Minha presença certamente se tornará constanste.
Continue com o bom trabalho e vou adorar receber novas visitas suas.
beijinhos.=*

Não tente me entender... disse...

"Escritor: n�o somente uma certa maneira especial de ver as coisas, sen�o tamb�m uma impossibilidade de as ver de qualquer outra maneira." [Carlos Drummond de Andrade]

Adorei o seu cantinho!
Voc� est� de parab�ns...
Irei te visitar sempre que eu puder.
Passei tamb�m para agradecer a sua visita!
Bjs
Tenha uma �tima semana!

marise rita disse...

Em primeiro lugar, você é um poeta. Fiquei encantada com a forma que escreve, é sensacional, e ao mesmo tempo singelo. E toda, e qualquer pessoa se vê andando a busaca de um objetvo, seja ele qual for. E para finalizar, adorei o comentário que fez em meu blog, é sempre bom conhecer pessoas, ainda mais se for pessoas com conteúdo assim como você. Vou deixar seu blog em meus sites úteis, para outras pessoas acessarem. E quero continuar mantendo contato com você, tem orkut? msn? se puder, e quiser manda pra mim vou adorar... Como disse, conhecer pessoas que só vão acrescentar é sempre bom!
Abraço.

Nina Araujo disse...

Que alegria ter encontrado os seus versos, poeta!!Adorei e obrigada mesmo pela visita lá no Imaginosa.Todo carinho!!!

Dih. disse...

Nossa...amei seus versos!
realmente tocam viw!
:)
adoro poemas e os seus são ótimos!
parabéns!
bjão!

Capitu,olhos de ressaca* disse...

Oi,claro,fique à vontade para continuar visitando e por um link sim.
Seu blog é mt bonito.
E é...eu sou nova no pedaço sim,rsrsrs
espero me adaptar né?
um beijinho e pode ter certeza q o 'sopa de letrinhas' tb fará um link p/ o seu blog.
beijoo

Dih. disse...

Pois eh...meu blog eh novinho siiim, na verdade jah tive uns 3 fotolog e mais uns 2 blogs só que por falta de tempo de postar acacei fechando a conta deles, mas este aqui estou realmente me esforçando pra ter um tempinho pra ele!
:)
obrigada pelo "Bem vinda".
Vi que vc eh bem ligado a arte neah..pois eh, gosto muito de arte tbém..eh taum inspirados naum?
Bom...parabéns de novo pelos versos!
Bjaum

Ana disse...

Olá, retribuindo a visita, vc é o moço (do chat) que não gosta de pessoas que gostam de comentários no blog?

Gosto de poemas...

José Rodrigues (JR.) disse...

ANA eu adoro visitar e comentar no blog dos outros, bem como, fico feliz quando visitam e comentam no meu espaço... segundo, eu não entro em salas de bate papo (chat), o tempo é curto e as tarefas intermináveis... rs ok.

O Sibarita disse...

Pois é meu camarada. A vida é o instante que passa, pense nisso...

Aliás, já está pensado nos experimentos dos seus bons versos.

abraços
O Sibarita